Caminhoneiro é flagrado com drogas em Picos

O produto seria para consumo pessoal, drogas sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar

/ sábado, 27 junho , 2020

Policiais Rodoviários Federais autuaram na tarde de quinta-feira (25), um homem de 37 anos que conduzia o veículo de carga SCANIA/P 270 B6X2 por portar, para consumo pessoal, drogas sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar. Toda a ação ocorreu na BR 316 na cidade de Picos/PI.

O condutor portava 27 unidades de comprimidos de substância análoga ao medicamento Nobésio Extra Forte, sendo que alguns comprimidos já haviam sido consumidos por ele. Esse medicamento é utilizado pelos motoristas como inibidor de sono, comumente conhecido como “rebite”, de forma a prolongar o tempo acordado e poder dirigir por longas distâncias.

O medicamento foi encontrado pelos policiais no interior do veículo. Apesar de não apresentar sintomas que estaria sob o efeito de drogas, o condutor confirmou aos policiais que utilizava o medicamento para ficar acordado durante as viagens. Questionado pelos policiais, o condutor informou que havia comprado a droga com uma mulher em um posto de combustível na cidade de Leme/SP, não passando maiores informações.

Os policiais verificaram que o motorista não havia respeitado o tempo de descanso nas últimas 24h00 previsto pela Lei do descanso.

Diante dos fatos, foi lavrado um Termo Circunstanciado por descumprimento ao Art. 28 da Lei. 11.343/06 Porte de droga para consumo (Consumado). A ocorrência foi encaminhada ao Juizado Especial Criminal na comarca de Picos/PI para os procedimentos cabíveis. O condutor se comprometeu a se fazer presente em audiência judicial referente à prática delituosa.

PRF

Banner Posto Dois Amores banner shopping banner megalink

Vídeo Veja mais

Confira o sorteio do Prêmio Facim de Picos – 08/03

Comercial Ivan banner datapicos banner serão motos peças

© 2013 Webpiaui - Todos os direitos reservados.

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal. Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.

Aroldo Santos - Soluções web