Atualização salarial desmobiliza grevistas da saúde

Apesar da baixa adesão ao movimento Sindicato dos Servidores insiste com a paralisação que tem gerado prejuízo ao serviço de saúde

/ sábado, 10 fevereiro , 2018

O prefeito de Picos, Padre José Walmir de Lima (PT), efetuou no último dia 2 de fevereiro o pagamento dos servidores públicos lotados na Secretaria Municipal de Saúde referente ao mês de dezembro de 2017. E, segundo o Procurador Geral do Município, advogado Maycon Luz, a gestão está procurando alternativas para atualizar os salários de todos os trabalhadores o mais breve possível.

A efetuação do pagamento dos salários referentes ao mês de dezembro de 2017 esvaziou a greve dos servidores públicos lotados na secretaria municipal de Saúde. O movimento foi deflagrado no dia 12 de janeiro e teve pouca adesão.

Apesar de a greve ter sido esvaziada com a efetuação do pagamento referente ao mês de dezembro, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Picos (Sindserm) insiste na manutenção do movimento grevista, que teve pouca adesão.

No último dia 7 de janeiro, em assembleia geral realizada no plenário da Câmara Municipal de Picos, o Sindserm colocou em votação a manutenção do movimento grevista. A proposta foi aprovada por menos de 20 trabalhadores, percentual irrisório em relação à quantidade de servidores lotados na Saúde.

Segundo o Procurador Geral do Município, Maycon Luz, é importante esclarecer alguns pontos sobre a Secretaria de Saúde de Picos, pois, ao que parece o sindicato quer a Prefeitura contra o servidor. “Todos sabem da problemática da saúde, é uma questão nacional de crise financeira” – argumenta.

Ela informa ainda que existe uma ação judicial tramitando na justiça do trabalho, interposta pelo Ministério Público do Trabalho, onde existe toda uma discussão de como será atualizado o pagamento dos servidores lotados na secretaria de Saúde de Picos.

“Já foi pago o mês de dezembro e agora só resta janeiro! Estamos procurando alternativas para resolver o problema! Nessa ação judicial nós, enquanto Procurador do Município, solicitamos ao juiz algumas propostas de acordo, dentre elas a utilização dos recursos do MAC, e que fosse dado um prazo para repormos esse dinheiro, que é de uma conta vinculada” – explicou Maycon Luz.

Ele ressaltou também que a administração já tomou algumas medidas para a redução de gastos, como, por exemplo, a exoneração de todos os contratados, tudo isso com a intenção de atualizar o pagamento do salário dos servidores.

Dr. kim

Vídeo Veja mais

Eva Graça tem poemas publicados em coletânea

A professora da rede estadual de ensino, Eva Graça, fala como surgiu o hábito de escrever e sobre suas publicações

© 2013 Webpiaui - Todos os direitos reservados.

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal. Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.

Aroldo Santos - Soluções web