Ação pede cassação do prefeito de Paquetá do Piauí

A ação, que foi protocolada no dia 1º de dezembro, tramita na 66ª Zona Eleitoral e que tem como juiz Clayton Rodrigues de Moura Silva

/ segunda-feira, 9 janeiro , 2017

O pecuarista Manoel Gonçalves de Moura Filho, o Lito Gonçalves (PR), segundo colocado nas eleições de 2 de outubro de 2016, ingressou com uma Ação de Investigação Eleitoral Judicial (AIJE), contra o prefeito de Paquetá do Piauí, médico Thales Coelho Pimentel (PMDB).

A ação foi protocolada no dia 1º de dezembro do ano passado e tramita na 66ª Zona Eleitoral, com sede em Santa Cruz do Piauí, e que tem como juiz Clayton Rodrigues de Moura Silva.

Através do advogado Mark Firmino Neiva Teixeira de Souza, Lito Gonçalves (PR) acusa os candidatos eleitos aos cargos majoritários em Paquetá do Piauí de vários ilícitos. Abuso do poder econômico, abuso de poder político/autoridade e captação ilícita de sufrágios, a popular compra de votos.

Neste sentido, Lito Gonçalves (PR) pede a cassação de registro, de diploma e declaração de inelegibilidade de Thales Coelho Pimentel (PMDB), prefeito de Paquetá do Piauí e do vice-prefeito, Anderson Clayton da Silva Barros (PSDB).

Através de aviso de intimação datado do último dia 16 de dezembro, o juiz eleitoral, Clayton Rodrigues de Moura Silva, determinou que Lito Gonçalves (PR) esclareça como aconteceu a suposta compra de votos e abuso de autoridade. O magistrado quer que ele identifique quais são os eleitores beneficiados e/ou prejudicados.

Eleição

Candidato pela coligação “União, Tradição e Compromisso”, formada pelos partidos do PMDB, PSDB, PT e PSB, o médico Thales Coelho Pimentel (PMDB), venceu as eleições em Paquetá do Piauí com 1.873 votos, equivalente a 56,36% dos votos válidos.

O segundo colocado foi o pecuarista Manoel Gonçalves de Moura Filho, o Lito Gonçalves (PR), que concorreu pela coligação “Unidos pelo Paquetá”, formada por PR, PTB, Rede, PSC e PROS. Nas urnas ele obteve 1.450 votos, ou seja, 43,64% dos votos válidos.

Reportagem José Maria Barros/ Jornal de Picos

Dr. kim

Vídeo Veja mais

Eva Graça tem poemas publicados em coletânea

A professora da rede estadual de ensino, Eva Graça, fala como surgiu o hábito de escrever e sobre suas publicações

Comercial Ivan banner mek banner datapicos banner aviso bannner facim

© 2013 Webpiaui - Todos os direitos reservados.

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal. Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.

Aroldo Santos - Soluções web